Home » Colunistas » Os benefícios da terapia com cannabis para pacientes na terceira idade

Os benefícios da terapia com cannabis para pacientes na terceira idade

by redacao

A cannabis medicinal está sendo cada vez mais estudada como uma opção terapêutica para várias condições de saúde, e pesquisas recentes mostram benefícios promissores para a terceira idade. Estudos têm indicado que a cannabis pode auxiliar no tratamento de doenças neurodegenerativas, como Alzheimer e demência, além de proporcionar alívio para outras condições comuns em idosos, como hipertensão e dor crônica.

Um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade Ben-Gurion, em Israel, revelou que a cannabis pode ser eficaz no tratamento da hipertensão em idosos. Após três meses de uso da cannabis, os participantes do estudo relataram uma redução significativa da pressão arterial. Essa descoberta é promissora, considerando que a hipertensão é comum entre os idosos e pode levar a complicações cardiovasculares.

– AGENDE UMA CONSULTA COM A DOUTORA AMANDA MEDEIROS

Além disso, a cannabis tem mostrado potencial no tratamento de doenças neurodegenerativas, como Alzheimer e demência. Estudos têm demonstrado que os componentes da cannabis, como o CBD (canabidiol) e o THC (tetra-hidrocanabinol), podem ajudar a reduzir a inflamação e a formação de placas no cérebro, características dessas doenças. Isso pode resultar em melhora dos sintomas, como distúrbios do sono, agitação e problemas cognitivos.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) também expressou apoio ao uso do CBD no tratamento de doenças neurodegenerativas, incluindo o Alzheimer. Estudos em camundongos mostraram que o CBD pode reverter déficits cognitivos e reduzir a inflamação, o que sugere um potencial efeito preventivo contra a doença de Alzheimer.

*Dra. Amanda Medeiros Dias (Crm 39.234 PR) é médica formada em 2017, com pós-graduação em pediatria e nutrologia pediátrica e, atualmente, está cursando Psiquiatria Infantil pelo CBI Miami. Possui Certificação Internacional Green Flower de Medicina Endocanabinoide. Tem experiência na prática clínica com crianças e adultos, visão integrativa olhando o paciente como um todo, possui experiência prática mesclando medicina com aromaterapia e cromoterapia, com foco na visão holística. Além de prescritora, é paciente de cannabis medicinal desde 2018. Também é diretora técnica no Instituto Coração Valente e médica voluntária em projetos da UNA (Unidos pela Amazônia).

LEIA TODAS AS COLUNAS DA DRA. AMANDA