Home » Eduardo Suplicy revela diagnóstico de Parkinson e adota o tratamento com cannabis

Eduardo Suplicy revela diagnóstico de Parkinson e adota o tratamento com cannabis

by redacao

O ex-senador e atual deputado estadual Eduardo Suplicy surpreendeu o país ao tornar público o seu diagnóstico de Parkinson. A revelação de uma condição médica desafiadora, que afeta milhões de pessoas em todo o mundo, trouxe à tona não apenas a coragem do político em compartilhar sua jornada pessoal, mas também lançou luz sobre uma terapia alternativa que está ganhando cada vez mais reconhecimento: a cannabis medicinal.

Suplicy, uma figura política icônica e conhecida por suas lutas em prol dos direitos humanos e sociais, também é um defensor fervoroso do uso medicinal da cannabis. Ele compartilhou abertamente como a planta tem sido parte integrante de seu tratamento para o Parkinson.

“Eu estava com certos tremores nas mãos, especificamente na hora de comer, de segurar os talheres, de tomar uma sopa. Tremia um pouco. Tinha também dores musculares na perna esquerda”, disse à Mônica Bergamo na edição da Folha de S.Paulo.

A doença de Parkinson é uma condição neurodegenerativa que afeta principalmente o sistema motor, resultando em tremores, rigidez muscular e dificuldade de movimento. Embora não haja cura para o Parkinson, muitos pacientes têm encontrado alívio significativo de seus sintomas por meio da cannabis medicinal.

– ENCONTRE UM ESPECIALISTA E INICIE AGORA MESMO SEU TRATAMENTO COM CANNABIS

No Brasil, o acesso à cannabis ainda é um desafio devido à regulamentação restritiva. No entanto, o depoimento de Suplicy está lançando luz sobre a importância de reavaliar a legislação para garantir que aqueles que podem se beneficiar da cannabis medicinal tenham acesso apropriado.

A revelação do deputado também destacou a importância da pesquisa contínua sobre os benefícios medicinais da cannabis. À medida que surgem mais evidências científicas, a esperança é que o acesso à cannabis medicinal seja ampliado para oferecer alívio a um número cada vez maior de pessoas que sofrem de condições médicas debilitantes.

Saiba mais

Tomando cinco gotas do óleo da cannabis três vezes ao dia, Suplicy relatou as melhoras com o tratamento durante audiência pública na Comissão Legislativa da Cãmara dos Deputados nesta terça-feira (19). A partir de uma sugestão de Talíria Petrone (PSol-RJ), o colegiado vai debater a regulamentação do uso da cannabis para fins medicinais.

“Tudo melhorou bastante após tratamento com a Cannabis medicinal. A dor na perna sumiu. O tremor, na hora de comer, melhorou”, antecipou ao jornal.

No fim de semana, Suplicy participou da ExpoCannabis, uma feira que reuniu empresas do setor canábico em São Paulo. Em vídeos e publicações nas redes sociais, o deputado estadual agora pressiona o presidente da Câmara, Arthur Lira, para pautar o PL 399/2015, que libera o plantio da maconha em território brasileiro.

“É muito importante a mobilização da sociedade para a regulamentação do uso da cannabis medicinal no Brasil. Vamos pressionar o presidente da Câmara dos Deputados Arthur Lira para que dê continuidade na votação do projeto”, escreveu no Instagram.

LEIA TAMBÉM:

You may also like

Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?