Home » Estrela da NFL processa Liga após ser multado por teste positivo de THC

Estrela da NFL processa Liga após ser multado por teste positivo de THC

by redacao

A grande maioria das ligas desportivas profissionais nos Estados Unidos abrandaram o consumo de cannabis nos últimos anos, reduzindo ou mesmo eliminando os testes de THC . Na NFL, o exame de cannabis normalmente ocorre durante os treinamentos.

O atleta Randy Gregory entrou com uma ação judicial contra o Denver Broncos (seu ex-time) e a NFL, decorrente de mais de US$ 500.000 em multas relacionadas à cannabis cobradas contra ele em 2023. Gregory, que está processando sob a Lei Antidiscriminação do Colorado, argumenta no processo que ele usa cannabis para tratar ansiedade e Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT). Ele afirma que solicitou ac omodação dos funcionários do Broncos depois que seu médico recomendou Dronabinol, uma forma sintética de cannabis, para aliviar sua condição.

“A NFL e os Broncos negaram seu pedido, observando que o THC é uma substância controlada pelo governo federal. Desde que solicitou uma acomodação, o Sr. Gregory pagou US$ 532.500 em multas à NFL por consumir THC para tratar suas deficiências”, diz a denúncia. 

O processo observa que, independentemente de um teste positivo, a NFL ainda exigia que Gregory jogasse em jogos programados, comparecesse aos treinos e fizesse aparições regulares na mídia. O processo alega que os Broncos deveriam ter atendido ao pedido médico de Gregory e isentá-lo das multas impostas pela liga. O jogador também afirma que seus sintomas são agravados pela vida na NFL. 

Não está claro se o processo chegará ao tribunal, já que casos civis como esse são frequentemente resolvidos de acordo com procedimentos acordados no Acordo Coletivo de Trabalho dos jogadores. No entanto, se o caso prosseguir e Gregory vencer, isso poderá ter um efeito cascata nos esportes profissionais. Reconhecer que a maconha pode ser usada como medicamento junto com os produtos farmacêuticos tradicionais e oferecer proteções para aqueles que o fazem seria uma mudança bem-vinda tanto para os defensores quanto para os pacientes.

Entenda melhor

A NFL não suspende mais jogadores com teste positivo para THC, ou tetrahidrocanabinol, o produto químico responsável pela maioria dos efeitos psicológicos da maconha, mas continua entre as substâncias proibidas da liga sujeitas a multas.

Gregory foi escolhido no segundo turno dos Cowboys em 2015. Ele jogou cinco temporadas no Dallas , onde foi suspenso inúmeras vezes por violar as políticas de drogas da NFL. Ele assinou com o Denver em 2022, mas perdeu a maior parte da temporada devido a uma lesão no joelho.

Ele dividiu a temporada de 2023 entre o Broncos e o San Francisco 49ers , que o adquiriu em uma negociação em outubro passado. Gregory, que acumulou 22 sacks na carreira e disputou 72 jogos em sete temporadas da NFL, assinou um contrato de um ano com os Buccaneers.

Fonte: Green State

LEIA TAMBÉM:

You may also like